Descrição das Disciplinas

Disciplinas ofertadas a Alunos Especiais em 2018/2:

Aprendizado de Máquina (4 créditos)
Aprendizado de Máquina é uma área da Computação que se preocupa em desenvolver e compreender técnicas que permitam que computadores sejam capazes de aprender com a experiência, tornando-se capazes de realizar tarefas sem serem programados de forma explícita. Nesta disciplina discutimos os fundamentos da área, desde conceitos teóricos básicos até a implementação e aplicação de alguns dos algoritmos mais utilizados. A disciplina alterna-se entre aulas expositivas, discussões, leitura de artigos e trabalhos práticos. Para um bom acompanhamento da disciplina é necessário bons conhecimentos de programação (Python é desejável, mas outras linguagens podem ser usadas). Conhecimentos desejáveis incluem álgebra vetorial, probabilidade e estatística – é possível acompanhar a disciplina sem esses conhecimentos, mas algum esforço extra-classe pode tornar-se necessário.

Computação Autônoma e Ubíqua (4 créditos)
Sistemas computadorizados para aquisição e tratamento de informações do meio. Protocolos para interconexão de equipamentos ciber-físicos. Ciência de Contexto e Situação. Computação autônoma e sistemas proativos. Middlewares para computação autônoma explorando equipamentos ciber-físicos distribuídos. Estudos de caso envolvendo aplicações ubíquas cientes de contexto e/ou situação, com perfil operacional autonômico, que explorem a infraestrutura provida pela Internet das Coisas.

Processamento Digital de Imagens (4 créditos)
A disciplina de Processamento Digital de Imagens aborda, em formato teórico-prático, conceitos básicos de representação e formação de imagens, transformadas, fundamentos do realce e filtragem de imagens entre outros aspectos relacionados ao processamento de imagens.

Robótica de Serviço (4 créditos)
A disciplina de Robótica de Serviço envolve o estudo e desenvolvimento de técnicas para a aplicação em um robô de serviço com funcionalidades de navegação, mapeamento de um ambiente conhecido ou desconhecido, reconhecimento e rastreamento de pessoas, reconhecimento de objetos, manipulação de objetos, reconhecimento de fala, reconhecimento de gestos, cognição para entender as situações do mundo real, entre outros. Este robô deverá ser capaz de realizar tarefas da competição Robocup@home utilizando uma plataforma de hardware adaptada para este fim.